Como fazer um ritual

em apenas 7 passos.

estrela do caos.png

Passo 1 – objetivo do ritual

O primeiro passo para criar o seu próprio ritual é definir qual o objetivo que você quer atingir com ele. 

Passo 2 – escolha dos elementos e materiais

Após definir o seu objetivo com o ritual, o próximo passo é escolher os elementos e materiais que representam o desejo que você quer realizar.

Para isso, você pode pesquisar sobre o significado dos objetos e suas associações. Por exemplo, pimentas simbolizam o calor, ardência, fogo e paixão, assim como proteção. Se você é um escritor e quer iluminação você pode consagrar uma caneta.

As cores que serão usadas no ritual também são importantes já que cada uma tem seu significado e sua energia, além disso, atuam de forma diferente no nosso inconsciente.

As plantas e os incensos também são ótimos elementos.

 

Outro elemento forte nos rituais de magia são as palavras e os mantras. As palavras têm muito poder e os mantras ao serem repetidos trazem muitos benefícios.

Passo 3 – definição dos movimentos que serão realizados pelos objetos

Agora que você já escolheu todos os elementos, objetos e símbolos que farão parte do seu ritual, chegou a hora de definir quais movimentos você irá realizar com eles.

Você pode definir movimentos que sejam similares ao que você deseja. Por exemplo, se você quer subir na carreira, em seu ritual, o movimento executado poderá ser o de um boneco subindo uma escada.

Passo 4 – escolhendo

o momento certo

Se você costuma estudar sobre feitiços, sabe que cada dia da semana tem seu poder, assim como cada fase da lua é favorável para um tipo de objetivo. Assim, a definição do dia e horário é muito importante e fará toda a diferença para que o seu ritual tenha efeito.

Você também pode identificar um momento ideal consultando as fases da lua no calendário e as horas planetárias na tabela das correspondências planetárias.

Realizando essa análise e planejamento, você consegue aproveitar as correntes naturais do universo para trabalhar ao seu favor. Quanto mais favorável for o momento, mais poderosa será a magia.

Passo 5 – Limpeza do ambiente

e do seu corpo

O quinto passo de como fazer um ritual é livrar você e o ambiente de energias negativas. 

Para a limpeza espiritual do ambiente, você pode usar materiais como o anil ou o sal grosso. 

Já para a limpeza do seu corpo, o ideal é preparar um banho de limpeza e energização. Pode ser um tradicional banho de sal grosso ou um banho de ervas. 

Passo 6 – abrir o círculo mágico

Depois de realizar toda essa limpeza e energização, chegou a hora de preparar o ritual. Ao chegar no local escolhido, faça a sua oração pessoal em voz alta. A vibração do som das nossas palavras tem forte influência na realização de nossas vontades.

Posteriormente, abra o círculo mágico. Esse passo não é obrigatório em alguns rituais. Ele é mais usado quando o ritual envolve mais de uma pessoa ou quando é necessário delimitar o espaço de influência da magia.

Caso seja necessário abrir o círculo no seu ritual, você pode fazê-lo movimentando-se em sentido horário em torno da área de trabalho, pode ser dançando ou cantando.

Esse círculo delimita as zonas dos estados de consciência. Dentro desse círculo, nada irá te atrapalhar ou te desconcentrar. Sua mente permanecerá em camadas mais profundas e você estará protegida de tudo que deve ficar do lado de fora.

Passo 7 – execução do ritual

Após o banimento e delimitação do círculo mágico, é hora de começar o seu ritual. Visualize seu desejo e concentre-se nele. 

Quando sentir que é o momento, execute aquilo que você definiu, realizando os movimentos com seus elementos e materiais.

Assim que terminar, faça novamente o banimento do local, retirando as energias em excesso e os espíritos auxiliares.

Também não se esqueça de fechar o círculo mágico. Para isso, ande no sentido anti-horário.

https://www.astrocentro.com.br/blog/simpatias/como-fazer-um-ritual/